- OBJETIVOS

1. Desenvolvimento global dos alunos, respeitando os seus estágios de crescimento, desenvolvimento físico e cognitivo, estimulando sentimento de solidariedade, cooperação, autonomia e criatividade.

2. Desenvolvimento e aprendizado do futebol nas sua três modalidades, através do ensinamento e aprimoramento de atitudes técnicas e posturas táticas, independente das crianças possuírem ou não habilidades para a prática.

- HISTÓRIA

1983 - O INÍCIO - Escolinha Esportiva São Luís

Dia 12 de outubro, dia da criança, o Prof. Marcos Espinosa e a Prof. Erotides realizam seu sonho em parceria com o Colégio São Luís e criam a escolinha de futebol, homenageando o colégio, a escolinha tem o nome de Escolinha Esportiva São Luís. A pioneira em São Leopoldo tem suas atividades ensinando o futebol de campo para meninos de 10 a 15 anos.

1989 - A MUDANÇA - Escolinha de Futebol São Leo

Militar do exército, o professor Espinosa encerra sua parceria com o Colégio São Luís e inicia o seu trabalho dentro das dependências esportivas do quartel 19° BIMTZ, parceria essa que se mantém. Com isso, a escolinha passa a se chamar: Escolinha de Futebol São Leo. O quartel, por disponibilizar um campo de futebol e um ginásio poliesportivo, facilitou a ampliação das atividades, dando início aos ensinamentos do futebol de salão, assim chamado na época, hoje, futsal. Passa ai a ser um diferencial exclusivo da São Leo, o desenvolvimento do futebol por completo, futebol de salão e de campo.

2004 - DE GERAÇÃO PARA GERAÇÃO - De pai para filha

Com mais de vinte anos dedicados ao ensinamento do futebol, o prof. Marcos Espinosa passa para as mãos de sua filha, prof. Kelly, a responsabilidade de manter esta história. Os trabalhos da professora na escolinha iniciaram em 2002, atuando como auxiliar e aprendiz do seu pai. Em 2004 passou a ser a responsável principal na organização, planejamento e execução das aulas. A partir daí, mantendo a mesma filosofia, a Escolinha de Futebol São Leo segue seu caminho de conquistas dentro e fora de quadras e gramados.

Os fundadores

O professor Marcos Danilo Espinosa de Oliveira, formado pela ESEFEX (Escola Superior de Educação Física do Exército), conhecido por Prof. Espinosa, sempre teve sua vida voltada a área esportiva, especificadamente ao futebol. Jogou em clubes do interior do RS e também atuou na comissão técnica conquistando vitórias importantes como; a classificação do Guarani de Cruz Alta e E. C. Aimoré para a 1ª divisão do Campeonato Gaúcho. Na carreira militar sempre esteve presente nas equipes de futebol do exército, inicialmente como atleta e posteriormente como técnico, também conquistando diversos títulos nas Forças Armadas. Nasceu em Bagé, foi militar em Cruz Alta e transferido para São Leopoldo esteve a frente da escolinha ensinando o futebol até o ano de 2003.

Professora Erotides Savegnago, formada pela Faculdade de Educação Física de Cruz Alta, mudou-se para São Leopoldo juntamente com o seu companheiro, na época, Marcos Espinosa. Durante seu período de formação no nível superior sempre manteve contato direto com esportes, fazendo parte da seleção de voleibol, basquete e atletismo, defendendo sua Universidade em campeonatos municipais e estaduais. Dedicou-se a especialização na área da psicomotricidade infantil para atuar na escolinha enfatizando o desenvolvimento motor das crianças. Seu trabalho permanece desde a fundação e atualmente é responsável pela área administrativa.

A sucessora

Graduada em Educação Física pela ULBRA (Universidade Luterana do Brasil - Canoas), a professora Kelly C. Savegnago de Oliveira, desde criança presenciava as aulas ministradas pelos seus pais, e a partir daí começou a ter o interesse pelo esporte. Aos 14 anos iniciou sua carreira no futebol fazendo parte da equipe principal do Grêmio Football Porto-alegrense. Após 2 anos passou a defender a equipe do Sport Club Internacional, e ao ingressar na Universidade recebeu o convite para, paralelamente com o futebol de campo, fazer parte da equipe de futsal da ULBRA. Encerrou sua carreira como atleta em 2003, mas em 2007 com a Copa do Brasil de Futebol Feminino recebeu o convite para defender as cores do Inter, e assim fez. Dentro da sua história como atleta de futebol e futsal coleciona títulos estaduais, nacionais e internacionais. Cursando o nível superior despertou o interesse de seguir o caminho trilhado pela sua família. Primeiro, passou por 2 anos de experiência trabalhando ao lado do seu mestre, seu pai, e em 2004, o ano que finalizou o curso superior, passou o ter o papel principal nas atividades da escolinha.